segunda-feira, 19 de julho de 2010

Lançamento de "Um Livro" de Sidney Rocha na Academia Caxiense de Letras





Noite de autógrafos e lembranças de um grande mestre que deixou amigos e recordações boas em Caxias entre os anos de 1970 a 1985. Foi neste sábado, 17, na Academia Caxiense de Letras que ocorreu o lançamento da obra póstuma " Um LIvro", onde reuni poemas e prosas do professor Sidney da Costa Rocha.


A obra, iniciativa de amigos e familiares, revela não só um homem comprometido com as letras (afinal de contas era professor de Língua Portuguesa), de escrever simplesmente palavras bonitas, mas acima de tudo nos transmite uma filosofia de vida, como um homem temente a Deus e agradecido por tudo que lhe foi feito, como podemos observar no seu poema a seguir:

Aos pés do Mestre

Bendita hora, célico momento,
Em que pensei seguir meu Bom Jesus!
Vede: abracei, sorrindo o sofrimento
E cantando aceitei pesada cruz!

Jesus, doce Jesus, quanta bondade
Chamar um vil a ser mininstro Teu.
Que grande glória, Deus creio, em verdade
Pois a renúncia enlaça o corpo meu.

Zombo do mundo com seus vão encantos!
Só tu me animas, paternal Senhor:
Troquei alfaias por teu negro manto,
Em vez de amores, só Teu santo amor.

Já não invejo as flores perfumadas.
Desprezo as glórias por Teu santo amor
Só amo agora minhas Igreja amada
De glóras cheia e cheia de esplendor!

P'ra que riqueza? Tenho a terra inteira.
P"ra que carinho? Gozo o puro amor.
A brisa amena é minha companheira,
Meu pranto enxuga e me alivia a dor.

Glórias terrenas atirei ao solo.
Vida liberta eu nem mais quis olhar.
Somente a dons celestiais exploro:
Irei viver somente para o altar!

Será verdade, Deus, que Teu caminho
Transformará meu corpo em pura flor?
Curvado ainda à beira do caminho,
Já sinto n'alma o mel consolador!"

Eu Te agradeço, meu Jesus amado,
Ter-me escolhido a Ti representar.
Abandonaste o rico, o potentado,
Chamaste-me p'ras almas ensinar!


Fonte:



AddToAny