quinta-feira, 29 de julho de 2010

Uma Familia chamada ALEAT...




A Academia de Letras do Alto Turi-ALEAT, fundada a 14 de março de 2007, com sede e foro no município de Governador Nunes Freire, estado do Maranhão, tem por finalidade o desenvolvimento da cultura intelectual e sua difusão entre o povo, a defesa das tradições literárias do Maranhão em especial a região do alto turi.


Um pouco de sua história...


O movimento começou no inicio de janeiro de 1998, com os jovens Nicodemos Freires de Oliveira e Welder Mendonça Cavalcante, que denominaram “Filos Antológicos”. Filos = termo de composição, que designa a idéia de amigos, amizade e amor. Antológicos = Trata-se de flores, coleção de trechos de bons autores, seletos.


O dia 14 de março de 1998, Dia da Poesia, aconteceu o 1º grande Sarau promovido pelos seus idealizadores, que assim deram um passo importante na revolução literária e cultura da cidade de Governador Nunes Freire, ano em que era prefeito Dr.Brênio José de Almeida. Depois dessas datas comemorativas, outros encontros aconteceram e já tínhamos um grande número de artistas envolvidos, além de Nicodemos e Welder, aderiram também, Dimas de Sousa, atualmente Pastor de Turilândia, Iracilda Gomes-atual vereadora do município, Donildo de Sousa - músico e professor , Antonia Hosana - professora, Enoc Pinheiro- professor, Horacio da Graça – poeta e escritor de Arari.


Anualmente, os movimentos continuavam a promover eventos culturais tais como: recitais de poesias, festivais de músicas.
Em 2003, no mês de outubro, com ajuda do professor de Sociologia Antonio José, o poeta Nicodemos Freire e Irismar Parga Alves sonharam com uma possível criação de uma Academia de letras na região do Alto Turi, sediada na cidade de Governador Nunes Freire.


No início a idéia parecia utópica, no entanto, a cidade já sediava o pólo da Universidade Estadual do Maranhão-UEMA – Programa de Capacitação do Docente-PROCAD, com os cursos de Letras, Pedagogia, História e outros. Sempre que possível, os seletos poetas sonhavam com a chama viva deste sonho em concretizá-lo, uma vez apaixonados pelas letras e encantados com o mundo da Literatura, viram que este projeto era passível. Com o surgimento de outros poetas e simpatizantes da poesia, o movimento foi ganhando espaço e outros nomes surgiram como da poetiza Filomena Matos Nunes professora e poetiza Núbia Raquel, professor Samuel Nascimento de Carvalho, Antonio Luis, a professora Iracema Ferreira Araújo, Professor Valter José dos Reis Rodrigues e Lucimar Teixeira Carvalho.


No ano de 2006 o movimento ganhou apogeu e consolidou-se definitivamente na cidade e envolveu todos os educadores e educando e demais segmentos da arte e cultura do nosso povo, com festivais de poesias faladas, saraus, peças teatrais, Semana da Arte Moderna de Governador Nunes Freire iniciada em 05 de maio de 2006. Neste ano de 2007 impossibilitados de ocultar tamanho projeto, o espírito acadêmico de nossos seletos poetas, compositores e intelectuais da área de educação começaram o ano com os pés nas letras, deram inicio a criação do corpo acadêmico, que inicialmente contará com 15 sócio-fundadores, sendo que a diretoria provisória instalou-se no dia 17 de março com termino no dia 06 de outubro de 2007.

Dia 25 de julho de 2008, marcou a cultura em Governador Nunes freire, com o lançamento do livro Primeiros ensaios do poeta e escritor Nicodemos Freire de Oliveira fundador da academia e incentivador da literatura teatro e musica em nossa região.


Agradecimento

Academia de Letras do Alto Turi é digna de aplausos e reconhecimento maior por parte dos educadores e professores nesta região do alto turi.


Uma luta pela valorização da cultura literária e artística, vale mencionar os diversos projetos pedagógicos realizados nas escolas do município de Governador Nunes Freire e outros municípios.

Durante seu biênio foram realizadas diversas manifestações artísticas e culturais da caráter educativo,moral e social.

A ALEAT promoveu concurso de literatura filos antológicos que são realizados a cada dia 14 de março de cada ano em que é seu aniversario de fundação, projeto guarnicê no mês de junho, além do oficinas de teatro, recitais, saraus, palestras de incentivo ao uso da escrita e da leitura como fontes maiores de nossas inspirações. Os poetas da ALEAT estão de maneira mister ocupando cada dia o espaço de suas obras nas mentes e nos corações de nossas crianças e adolescentes fato este que merece uma atenção maior dos gestores destes municípios o qual ela abrange, 18 municípios ao todo.


Obrigado aleatienses! Tenho orgulho de fazer parte dessa familia!