sexta-feira, 15 de outubro de 2010

ESCLARECENDO OS FATOS

Venho aqui através dessa pequena nota, esclarecer alguns fatos ocorrentes que se diz respeito a minha pessoa.

Primeiramente, alguns comentários nos posts de alguns blogs declaram que estou “brigando” com o jovem Joãozinho, por acusá-lo de fazer comentários ofensivos sobre a CUFA – Central Única das Favelas. Isso é fato, porém ocorreu um equivoco de minha pessoa.

Na verdade, eu julguei o jovem Joãozinho, sem ter provas. Os comentários do tal anônimo têm uma grafia e um modo de escrever parecido com a do Joãozinho, mas eu não tenho certeza. Por isso, não posso julgá-lo. Minhas desculpas, Joãozinho!


"O verdadeiro homem é aquele que reconhece seu próprio erro".

Segundo, gostaria de esclarecer que minha posição política é imparcial, ou seja, minha posição é neutra. Não compactuo com todas as ideologias dos vários grupos, sejam eles de situação e oposição. Eu tenho as minhas próprias ideologias e respeito às dos outros.

Sou um jovem que pouco ajuda o município, mas o “pouco” que faço contribui muito para o desenvolvimento e protagonismo municipal, um exemplo dos mecanismos que uso para isso é o “BLOGGER”. Neste portal, eu me expresso e publico assuntos que acredito interessar a população. Então, seja qual for o post e qual for o assunto, se interessar o povo, publicarei em meu blog pessoal.

Peço que os grupos (Oposição ou Situação) entendam a política deste blog e que se algum post estive ofendendo ou caluniando alguém, por favor, me avise, pois estarei pronto para corrigir os meus erros.

Infelizmente, a política local está cada vez mais sem escrúpulos. Acho que boa parte das pessoas não gostam dessa política, tem uma visão negativa e preferem sempre se ocupar com outras coisas. Tem outro lado, quando chega a época da política tem muita gente que se achega e participam, vão em comícios, passeatas, eventos com toda sua veemência, infelizmente, aqui noto que as pessoas chegam até a se afastarem dos seus amigos que são contrários politicamente, fazendo uma espécie de dois blocos, os que são de um partido e o partido adversário. Isso tudo sem falar nos barulhos e nas arruaças, num contraste com a quase ausência de boas propostas políticas.

Cordiamente,
MARCOS LEITE