sexta-feira, 26 de novembro de 2010

SESSÃO DA CÂMARA MUNICIPAL - 26/11/2010


Nesta sexta-feira, 26 de Novembro, ocorreu mais uma sessão da Câmara Municipal de Governador Nunes Freire, na qual iniciou as 09:00 hs.

No pequeno expediente, o Ver. Eduarte foi o primeiro a fazer uso da palavra. Em seu discurso falou que é uma “vergonha” ver que os vereadores não estão cumprindo com os seus papéis, que é “fiscalizar” e “cobrar” e ainda enfatizou que é preciso abrir um CPI para investigar a “molecagem” que o prefeito está fazendo com Nunes Freire.

Em continuidade ao pequeno expediente, o Ver. Ivan foi o segundo a fazer uso da palavra. Em seu discurso deu ênfase à fala de Eduarte dizendo que é preciso abrir uma CPI para investigar a situação do Município, o presente, e não somente o passado, assim como Vereador Marcelo sugeriu no começo do seu mandato.
Logo em seguida (surpreendendo a todos) entrou com um requerimento para dá-se entrada ao pedido de inscrição da chapa para concorrer à eleição para a escolha da nova mesa diretora para o segundo biênio (2011/2012). A chapa é composta pelos seguintes legislativos: Presidente – Maurílio; Vice – Presidente – Ivan; 1º Secretário – Pedro de Filuca; 2º Secretário - Eduarte.

A eleição ocorrerá na última sessão antes dos vereadores entrarem em recesso, que é no dia 13 de Dezembro do corrente ano.

No grande expediente, o Ver. Ivan voltou à tribuna para dá ênfase sobre a chapa citada. Em seguida, o Ver. Eduarte frisou que é preciso a bancada de oposição e situação se unirem para investigarem as obras do prefeito e enfatizou que já faz anos que ele convoca verbalmente as secretárias de Saúde e Educação para comparecer á algum sessão, porém nunca foram, e finalizou dizendo que continuará cobrando suas presenças.

Nas considerações finais, o Ver. Ivan voltou novamente à tribuna e deu continuidade ao assunto que o Ver. Eduarte frisou, dizendo que antigamente um único Secretário participava das sessões, no caso era o Wanderley (Sec. de Cultura), porém fazia muita baderna e (segundo o Ver. Ivan) por isso o mesmo foi ameaçado de serem cortadas as verbas para a Cultura, se caso ele continuasse com as badernas.

Desta vez, apenas os vereadores Paulo Lopes e Chagas faltam à sessão.


AddToAny