sábado, 4 de dezembro de 2010

SESSÃO DA CÂMARA MUNICIPAL – 03/12/2010

Nesta sexta-feira, 03 de Dezembro, ocorreu mais uma sessão ordinária da Câmara Municipal de Governador Nunes Freire. Leia abaixo alguns trechos:

No pequeno expediente, o Ver. Ivan foi o primeiro a fazer uso da tribuna. Em seu discurso ele falou sobre a Lei 0014/2010 (Lei Orçamentária) e destacou que na Lei consta uma secretaria de Meio Ambiente que não existe e tem cerca de 90.000 reais em recursos por ano. E ainda complementou dizendo que o seu voto é não, se o prefeito municipal não nomear um Secretário para a área.

Em seguida, o Ver. Paulo Lopes (Presidente da Casa) falou sobre os projetos que regerão a doação de um terreno para o Governo Estadual para a construção do Ministério Público e do Fórum e ainda comentou sobre a Secretária do Meio Ambiente, afirmando que próximo ano o prefeito nomeará um secretário ou uma secretária para a mesma.

No grande expediente, o Ver. Chagas foi o primeiro a fazer uso da tribuna. Em seu discurso falou sobre a eleição da mesa diretora, que irá ocorrer dia 13 de Dezembro do corrente ano. E fez uma solicitação ao Presidente da casa que colocasse um Edital no Mural da Câmara para que o povo e os demais vereadores se informarem sobre a data da eleição.

Em seguida, o Ver. Eduarte fez uso da palavra e disse que o povo, em algumas sessões passadas, estava disperso, mas com a campanha para eleição da mesa, o povo está retornando a sua casa (referindo-se a presença do povo na Câmara). E como sempre, ele solicitou a presença da Secretária de Saúde a alguma sessão da Câmara e ainda disse, ironicamente, que se ela não se sentir preparada para ouvir criticas, “pede pra sair!”. E em relação à Lei Orçamentária ele falou que a Secretaria de Saúde está com 12.850.446 R$/Anual. “Cadê o dinheiro? O gato comeu? Quem comeu o dinheiro? Não estão sendo comprados os remédios do povo!”. Questionou o Vereador. E ainda declarou que a Secretaria de Cultura está com 1.130.000 R$/Anual. “Se usássemos, pelo menos, 30% desse valor para as devidas necessidades, o povo estaria sorrindo!”. Disse o Vereador.

Logo após, o Ver. Maurílio (Vice – Presidente da Casa) fez uso da palavra e disse que o projeto que diz respeito à doação do terreno para a construção do Ministério Público já foi votado e aprovado e foi designado para fazerem lá perto do Centro de Saúde.
O Vereador ainda destacou que o projeto que se diz respeito à doação de um terreno para a construção do Fórum ainda não foi votado, mas que pode ser votado este ano.

Em seguida, o Ver. Marcelo fez uso da palavra e falou sobre a educação que, segundo ele, está ruim em todo Brasil e não, somente, em Nunes Freire. E ainda falou sobre a cultura do Maranhão, que, segundo ele, outros estados copiaram, um exemplo citado foi o boi-bumbá.

Estiveram presentes os vereadores Ivan, Chagas, Paulo Lopes, Maurílio, Marcelo e Eduarte. Apenas os vereadores Pedro de Filuca, Rosemary e Esmilton faltaram.

(Texto modificado às 17:40 de 05/12/2010)