segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

POESIA - Revolto-me



Revolto-me contra os políticos corruptos,
Contra os corrompidos, contra os fofoqueiros,...
Se você nunca se revoltou com eles,
Então, tome uma iniciativa, sejamos os primeiros!

Eu estou começando a aprender a me indignar...
Agora luto e grito por paz com minha poesia,
Pois se eu ficar calado nada vai mudar,
Nada vai mudar nessa sociedade cheia de hipocrisia!

Sei que uma andorinha não faz verão,
Mas para que fazer verão, com esse calor?
Ah! Só Deus há de nos socorrer dessa tentação,
Que é o mundo capitalista, o mundo de valor!

Podem me chamar de tolo, de idiota talvez!
Mas tolo mesmo é quem não é poeta...
Sei que terei minha oportunidade, minha vez,
Por que creio no Cristo Jesus, nosso profeta!

MARCOS LEITE