domingo, 27 de fevereiro de 2011

POESIA - Revolto-me II



Revolto-me e refaço meus versos com pena,

Pena dos que votaram sem pensar,

Dos que se prostituem sem saber

E dos que não amam quem quer amar...

Saiba, que o amor o dinheiro não compra

E o status não poder propiciar felicidade,

Se você pensa que corrupto rico é amado,

Está enganado, pois corrupto rico só tem maldade!

Infelizes são os que praticam o mal,

Que usam as pessoas a seu favor...

Meu Senhor Jesus Cristo nos ajudem!

Ousa nossos pedidos, nosso clamor!


MARCOS LEITE