domingo, 4 de novembro de 2012

Redação do Enem é sobre movimento imigratório para Brasil no século 21

Neste domingo, além da redação, os estudantes responde a questões de linguagens e matemática. Edson Junior / Terra
O Ministério da Educação (MEC) divulgou por volta das 13h deste domingo – horário de São Luís – o tema da redação da edição de 2012 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

 “O Movimento Imigratório para o Brasil no Século 21″ foi a proposta apresentada aos estudantes na prova que teve início às 12h. Além da redação, os estudantes têm cinco horas e meia para responder a 90 questões de linguagens e matemática. 

Na correção da redação, cinco competências são avaliadas: domínio da língua portuguesa; compreensão do tema proposto; capacidade de selecionar e organizar ideias; conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação; e elaboração de proposta para o problema abordado. 

Na hipótese de a nota do primeiro corretor ser de 640 pontos e a do segundo, 480 – diferença inferior a 200 pontos -, a nota final da redação desse candidato será a média aritmética das duas. No entanto, caso a nota de um corretor, na competência 1, seja 160 e a de outro, 40, a redação será encaminhada ao terceiro avaliador.

Se a terceira nota, nessa competência, se aproximar daquela atribuída por um dos dois corretores anteriores, não haverá necessidade da banca examinadora. A avaliação mais baixa será eliminada. 

O estudante terá nota zero na redação se fugir ao tema proposto, apresentar estrutura textual que não seja a do tipo dissertativo-argumentativo, entregar folha em branco, com sete linhas ou menos, copiar os textos motivadores e reproduzir impropérios, desenhos ou palavras de desrespeito aos direitos humanos.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.