quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Preconceito ou intolerância?

Recebi por e-mail:

Por Carlos Pedro:

Gostaria de prestar minha solidariedade aos meus colegas professores de Governador Nunes Freire, que assim como grande parte da população desta cidade, foram hoje feridos com falta de cultura e conhecimento, em uma atitude de Vandalismo, ignorância e preconceito. 

Conheci o Prof. Indalécio há algum tempo nos corredores da UEMA, onde estudamos no mesmo período, embora que em cursos diferente. Conversávamos vez por outra, e em meio a essas conversas ele me disse uma vez que era católico, batizado, feito a primeira eucaristia, crismado e casado na igreja. Um verdadeiro cristão, assim como eu naquela época. Continuo cristão, mas, hoje sou evangélico e tenho um profundo respeito por todos, e, desconheço a intolerância dos evangélicos pelos índios. Como educador, conhecedor de que os índios foram os primeiros habitantes do nosso país e das Américas, entendendo perfeitamente o fato de Indalécio ao homenagear uma professora, fizesse na imagem de um povo que influenciou tanto nossa cultura, uma cultura de diversidade, multirracial e sem preconceitos. 

Na qualidade de Evangélico, queria pedir aos vândalos que tiveram essa triste atitude, que não usem as igrejas protestantes como bengala ou escudo, nós não concordamos com isso. 

Quem de nós professores não leu Iracema, de José de Alencar? Hoje estão associando os índios aos demônios e não aos Poetas?! Santa ignorância!

Será que todas as escolas, professores, diretores e alunos comemoram a tantas décadas o dia do índio em 19 de abril erroneamente? Ou será que é porque eles foram importantes na construção da nossa história?

Fiquei também entristecido em ver que um administrador que se intitula evangélico e universitário seja conivente com essa anarquia, não é o que se espera de governo “iluminado”. 

Cuidado!!! Preconceito é crime!!! 

Boa Sorte Nunes Freire! 

Carlos Pedro
São Luis - MA

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

AddToAny