sexta-feira, 7 de junho de 2013

Maracaçumé: Sábado é dia D da campanha de vacinação contra a paralisia infantil

Sábado é dia de vacinar as crianças contra paralisia infantil em Maracaçumé. Centenas de crianças devem ser imunizadas. No Brasil, mais de 12 milhões de crianças devem receber a dose contra a paralisia infantil. 

De acordo uma médica, a vacina injetável, com vírus morto, deve ser aplicada inicialmente no segundo mês de vida, com uma nova dose no quarto mês de idade. O reforço da vacina oral, com vírus vivo, atenuado, é feito a partir do sexto mês. Por isso, os bebês que já chegaram a essa idade e ainda não tomaram a dose injetável devem ser levados a postos de saúde fixos para receber a injeção e agendar o reforço oral. 

Neste sábado vão funcionar todos os postos em Maracaçumé. Todos os profissionais da saúde estarão envolvidos na ação e devem vacinar todas as crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), em todo o município.

Contra-indicações - Crianças com infecções agudas ou febre acima de 38ºC devem adiar a vacinação. A dose não é indicada às que possuem hipersensibilidade conhecida. Também não devem ser vacinadas com as gotinhas aquelas com deficiência imunológica. 

Doença - O Brasil não registra casos de poliomielite há 23 anos. O último caso em 1989 aconteceu em 1988 e, desde 1994, o país recebeu o certificado internacional de erradicação da transmissão da doença. 

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.