segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Champignon do Charlie Brown Jr se mata com tiro, seis meses após morte de Chorão

O músico Champignon do Charlie Brown Jr. foi encontrado morto em seu apartamento, no bairro do Morumbi, na zona sul de São Paulo (SP), na madrugada desta segunda-feira (9), com um tiro de pistola 380. A polícia acredita que Luiz Carlos Leão Duarte Junior – nome completo do músico de 35 anos – cometeu suicídio. 

A Polícia Científica apura o caso, que acontece cerca de seis meses depois da morte de Chorão, amigo de infância e parceiro com quem Champignon teve desentendimentos na banda Charlie Brown Jr. Por volta das 4h50, o Instituto Médico Legal (IML) retirou o corpo do edifício. 

Natural de Santos (SP), ele foi o baixista da formação original do grupo Charlie Brown Jr., de grande sucesso na década de 90 e início dos anos 2000. Após desentendimentos do próprio Champignon e outros integrantes com o vocalista Chorão, a banda teve a trajetória interrompida em 2005. 

Na continuação da carreira, Champignon investiu em projetos paralelos e integrou as bandas revolucionários e Nove Mil Anjos. Em 2011, retornou ao Charlie Brown Jr. e tocou com os antigos companheiros de trabalho até 6 de março de 2013, quando Chorão foi encontrado morto por conta de uma overdose em um apartamento em São Paulo. Após o incidente, Champignon se dedicou ao grupo A Banca, com o qual trabalhou até a morte.

Chorão 

O músico Alexandre Magno Abrão, mais conhecido como Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr., foi encontrado morto, em casa, no bairro de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, na madrugada de uma quarta-feira. O motorista do cantor o encontrou desacordado e telefonou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas já era tarde. Chorão tinha 42 anos. 

Com informações BK2

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.