segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Eu sou situação e daí?

Quem me conhece sabe que sempre fui muito reservado. Por muito tempo fiquei inerte sem tomar posição politica, com medo do julgamento dos outros ou da aceitação deles por causa das minhas escolhas. Mas hoje entendo que é impossível agradar a todo o mundo. 

Em 2009 (com apenas 15 anos de idade) comecei minha militância  pelas causas sociais e estudantis, através da UMES. Infelizmente, pessoas usaram de má fé a minha boa vontade e me manipularam... Certos pseudos-lideres ganhavam dinheiro a minha custa. Ingenuidade minha? Não sei... 

Passou-se os anos, 2012 chegou (ano eleitoral)... Até então eu estava em cima do muro (não tinha lado politico). Porém entendi que ficar em cima do muro não era a atitude mais coerente que poderia tomar. 

Durante os 3 meses de campanha eleitoral, eu DEFENDI, FIZ CAMPANHA E VOTEI no ex-gestor (assim como centenas de pessoas). E sabe o que ele nos deu como resposta? Um pé na bunda, funcionários sendo demitidos, salários atrasados, paralisação na educação e na saúde, exames desmarcados, médicos demitidos, faltava medicamentos, obras inacabadas, etc, etc, etc.

Eu fiquei extremamente triste com o governo passado e com a forma de gerenciar, após as eleições, tantas vidas, tantos jovens, crianças que se encontravam desoladas, perdidas e decepcionadas com seu próprio gestor.

Simplesmente cansei de ser usado por lobos transvestidos de ovelhas.

Hoje este grupo que até então era governo, agora é oposição. Reclamam do atual prefeito, mas esquecem que eles foram os culpados por Governador Nunes Freire ter tantos problemas. 

Eu sou livre e a constituição me garante o direito de escolher qualquer lado politico. Eu sou situação por que acredito no potencial do atual Prefeito Marcel Curió. Por que ele se mostrou e se mostra um gestor preocupado com o bem estar do nosso povo. Acredito nos seus projetos, nos seus ideais. 

Enfim, EU SOU SITUAÇÃO E DAÍ?

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.