segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Detentos tentam linchar homem preso por estupro

GOVERNADOR NUNES FREIRE - Um homem identificado como José Raimundo Lima Lopes, cuja idade não foi revelada pela polícia, por pouco não foi linchado neste domingo (16) por detentos da unidade prisional no município maranhense de Governador Nunes Freire, após ter sido preso na sexta-feira (14), suspeito de ter estuprado a própria filha de apenas dez anos de idade. 

De acordo com informações passadas pelo delegado Ricardo Pinto Aragão, titular da delegacia de Governador Nunes Freire, por causa do episódio, pelo menos cinco presos que estavam detidos foram transferidos, sendo que destes, quatro foram para Zé Doca e um seguiu, ainda ontem, para o Centro de Triagem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. 

Ainda segundo informações do delegado de Governador Nunes Freire, alguns detentos serraram as grades da cela 1 da delegacia para poder ter acesso à cela onde estava o homem suspeito de estupro, acompanhado por outros sete estuprados presos anteriormente. Para conter a tentativa de linchamento, foi necessária a convocação de homens da Polícia Militar e da Guarda Municipal. Foi necessário o uso de bomba de efeito moral e gás lacrimogênio para que todos os rebelados pudessem sair do interior da delegacia. 

De acordo com a polícia, após momentos de tensão, a tentativa de linchamento foi contida. Até o fechamento dessa edição, não havia informações sobre feridos durante a operação. Na ocasião, foram apreendidos chuços, além de armas brancas e instrumentos que foram utilizados para serrar as celas. 

Não é a primeira vez que é registrada uma tentativa de linchamento em Governador Nunes Freire de um homem suspeito de causar danos físicos a uma criança. Em agosto de 2012, um homem identificado como Manoel de Jesus Santos, de 31 anos, foi linchado, após ter assassinado, dois dias antes, uma menina de apenas 2 anos de idade. Segundo informações, ele era vizinho do pai da criança com quem teve uma discussão momento antes do crime. 

Fonte: Imirante

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.