quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Bomba, Bomba e Bomba! Justiça cassa mandato de Teresa Murad e torna Ricardo inelegível por 8 anos


A prefeita do município de Coroatá, Teresa Murad, e sua vice, Neuza Muniz, tiveram hoje (13) os mandatos cassados pela Justiça. A decisão foi da juíza da 8ª Zona Eleitoral de Coroatá, Josane Farias Braga.

Teresa Murad e sua vice foram acusadas por abuso de poder político e econômico, durante a campanha de 2012. A ação foi movida pela Coligação “Coroatá Crescendo com Liberdade”, do candidato a prefeito e sindicalista Domingos Alberto (PT).

A juíza determinou o imediato afastamento da prefeita de Coroatá e de sua vice em razão do secretário de Saúde, Ricardo Murad, ter iniciado a construção de 13 poços artesianos em pontos estratégicos do município, durante a campanha eleitoral. O pior é que o secretário deixou as obras abandonadas depois das eleições.

Na decisão, a juíza Josane Braga ainda torna Teresa e Ricardo inelegíveis por oito anos. A magistrada determinou a imediata posse do presidente da Câmara Municipal para comandar a Prefeita de Coroatá.

A decisão ainda cabe recurso.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.