domingo, 16 de novembro de 2014

Policial federal mata tenente do Exército na cidade de Caxias

Uma discussão no trânsito no centro da cidade de Caxias, a 360 km de São Luís, terminou em morte na noite desde sábado (15). O crime envolveu um escrivão da Polícia Federal e um tenente do Exército.

O crime aconteceu em frente à uma pizzaria no centro de Caxias. A vítima, o 2º tenente do Exército José Ramos Correia Júnior, havia parado o carro no meio da rua para falar com um amigo. Em outro carro, logo atrás, estava o policial federal, Isnardo Franciolli que buzinou pedindo passagem.

De acordo com a polícia, o militar teria colocado a mão pra fora do carro, fazendo um gesto obsceno. Então, o polical federal então do veiculo, e deu tapas no rosto de José Ramos Jr. Os dois começaram uma discussão, já no meio da rua, quando o militar teria sacado uma arma. O policial federal também sacou uma pistola e atirou no peito do tenente.

José Ramos foi levado para este hospital, onde já chegou sem vida. Ele tinha 23 anos de idade e estava no Exército há 2 anos. Segundo a polícia civil, que investiga o assassinato, no carro dele foi encontrada uma pistola.

Isnardo francioli, de 39 anos, não deixou o local do crime até a chegada da polícia. Ele foi conduzido para o 1º Distrito Policial, onde prestou esclarecimentos.. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar  o caso.
 
Do G1

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.