quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Prefeito de Matinha tem contas rejeitadas

Não tem jeito para o prefeito de Matinha, Marcos Robert Silva Costa, mais conhecido como Beto Pixuta.

Em mais uma sessão plenária do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o gestor teve suas contas desaprovadas.

A Corte de Contas aplicou ao prefeito débito de R$ 552.144,51 e multas de R$ 164.424,00.

Só esse ano, o prefeito de Matinha já foi condenado por diversas vezes, por conta da sua tenebrosa gestão. Ele foi condenado pelo Tribunal de Justiça à perda do cargo e inabilitação para ocupar qualquer função pública durante cinco anos.

Beto Pixuta também foi acusado pelo Ministério Público por crime de responsabilidade, devido a atraso na prestação de contas sobre a aplicação de recursos liberados pela Secretaria Estadual de Educação em 2007, no valor de R$ 72,3 mil, destinados ao transporte escolar de alunos da rede de ensino no município.

Com tanta condenação, não se sabe como o prefeito de Matinha ainda consegue permanecer no cargo.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

AddToAny