sábado, 3 de janeiro de 2015

Morre morador de rua que teve 90% do corpo incendiado em São Luís

Morreu no fim da manhã deste sábado (3), o morador de rua, Ivaldo Canário de Sousa, conhecido pelo apelido de “Chitara”, que teve 90% do corpo queimado no início da manhã desta sexta-feira (02), na Praça da Comunicação, na Rua São Pantaleão, no Centro de São Luís.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), a vítima estava internada no Hospital Djalma Marques (Socorrão I). Ivaldo ainda chegou a ser submetido à cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no fim da manhã.

Este foi o primeiro morador de rua assassinado em 2015. O suspeito de atear fogo ao corpo do morador de rua foi preso e identificado como Daniel dos Santos Nogueira, de 31 anos.

Do G1

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

AddToAny