sábado, 3 de janeiro de 2015

Preso suspeito de participar do assassinato de sargento da PM

Do G1

Suspeito de participar da morte do sargento da Polícia Militar, José Ribamar Prisca da Silva, 50, no dia 22 de dezembro do ano passado, em São José de Ribamar, foi preso pelo Serviço de Inteligência da PM. Raimundo Nonato Amorim Marques, conhecido como “Caquinho”, 29 anos, foi capturado no começo da tarde deste sábado (3), próximo a um parque aquático na MA-204, no município de Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís.

De acordo com a polícia, Caquinho estava em um táxi em companhia de mais quatro pessoas no momento da abordagem policial. Com ele foi apreendido uma pistola cal. 380, Taurus, com 12 munições intactas e numeração KF068623. Logo após efetuar a prisão os policais foram levados pelo suspeito até o Povoado de Tendal Mirim, em Paço do Lumiar, onde a motocicleta usada no crime estava escondida.

Caquinho e a motocicleta modelo Suzuki cor azul e placa NHP 7603-MA foram levados para a 13ª Delegacia da Polícia Civil, no bairro do Cohatrac.

O suspeito será autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e poderá ser processado também por formação de quadrilha e pelo assassinato do sargento Prisca.

Relembre
Segundo a Secretaria de Segurança Pública, dois homens armados em uma motocicleta teriam disparado contra o sargento, que teria sido atingido com quatro tiros, um deles na cabeça, na porta de casa. Ele trabalhava no Serviço de Inteligência do 8º Batalhão da PM.

Horas após a morte do sargento Prisca, Alex Diego dos Santos, o ‘Dieguinho’, 26 anos, foi morto em troca de tiros com a polícia. Um dia depois dois menores foram mortos, também, em confronto com a polícia. Os três foram apontados como suspeitos de terem participado da organização da execução do sargento Prisca.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.