quarta-feira, 29 de julho de 2015

Inscrições de editais de Ciência e Tecnologia encerram na sexta-feira (31)

As inscrições de três editais lançados pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) encerram na próxima sexta-feira (31). Assim, os pesquisadores maranhenses podem submeter seus textos nas Coleções de Cadernos “Ignácio Rangel”, “Maria Aragão” e “Maranhão no Ciência sem Fronteiras” até o dia 31 de julho para o e-mail publicações@secti.ma.gov.br.

A avaliação dos textos será feita por um comitê que vai levar em consideração a aderência aos temas propostos, contribuição para a reflexão sobre a temática e qualificação acadêmica dos proponentes. Os resultados serão divulgados no site da Secti até trinta dias após o encerramento do período de submissão.

As produções, que devem ser escritas na forma de relato de experiência ou de artigo científico e variam entre 10 e 25 páginas, de acordo com cada edital, seguem as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

“Os textos aprovados ficarão disponíveis em formatos impresso e digital e o acesso será gratuito para toda a população. Assim, o que é produzido no ambiente acadêmico se torna de conhecimento público”, explica o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré explicando que a popularização da ciência é uma meta do governo Flávio Dino.

Veja o perfil de cada Edital

    Edital nº 1/2015 – Cadernos Ignácio Rangel

Os textos devem estar relacionados ao debate e a reflexão de temas relevantes para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Maranhão. São proponentes pesquisadores e estudantes de graduação ou pós-graduação de instituições de ensino ou pesquisa.

    Edital nº 2/2015 – Cadernos Maria Aragão

Podem propor textos as instituições de ensino ou pesquisa, sociedade civil organizada, movimentos sociais e pessoa física diretamente envolvida ou responsável pela tecnologia social. O edital tem as linhas temáticas “Comunidades quilombolas e indígenas”, “Agricultores familiares e assentados da reforma agrária”, “Juventude; pessoas com deficiência”, e “Periferias de áreas urbanas com vulnerabilidade socioeconômica”.

    Edital nº 3/2015– Maranhão no Programa Ciência sem Fronteiras

Voltado para pesquisadores e estudantes maranhenses de graduação ou pós-graduação que participaram do Programa Ciência sem Fronteiras, o edital de nº3/2015 prevê a seleção de relatos de quem já concluiu o intercâmbio. 

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

AddToAny