sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Leonardo Sá será diretor de novo Hospital Regional “Jackson Lago”

Em audiência com o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), confirmou a inauguração do Hospital Regional “Jackson Lago”, em Pinheiro, para o dia 28 de setembro. Na ocasião, ele anunciou o nome do vereador e médico Leonardo Sá (PCdoB) como diretor da nova unidade de saúde que atenderá toda a Baixada Maranhense.

O deputado disse que o hospital estará em boas mãos, tendo como diretor o médico Leonardo Sá que é conhecido em Pinheiro e em outros municípios vizinhos, na Baixada Maranhense, pelo importante trabalho que faz, salvando vidas no exercício da profissão. “Não tenho dúvidas de que o hospital será muito bem administrado. Leonardo Sá é um profissional dedicado e tudo fará por uma excelente gestão, focada na humanização do atendimento”, afirmou.

Com 100 leitos, centro cirúrgico, UTI e atendimento médico em diversas áreas, o hospital recebe o nome do ex-governador Jackson Lago.  Segundo Othelino, o ato de denominação é simbólico e a grande homenagem do governo do Maranhão ao líder político é melhorar o sistema de saúde pública, fazer com que as unidades funcionem cada vez melhor e, assim, evitar que o povo sofra com a falta de atendimento na rede pública de saúde do Estado.

No final do mês de agosto, o plenário da Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei, de autoria do deputado, que denomina o Hospital Regional de Pinheiro de “Dr Jackson Lago”. Para Othelino, trata-se de uma justa homenagem a um maranhense que dedicou a sua vida à causa pública, como médico, professor da Universidade Federal do Maranhão e também com a sua militância política de várias décadas, sendo deputado estadual, prefeito de São Luís por três vezes, governador por dois anos e três meses, prestando um excelente serviço ao Estado.

“Doutor Jackson é um homem que ficou na história do Maranhão como um exemplo de bom político, sempre coerente com a sua história, com as suas posições ideológicas e que pagou muito caro por ter conseguido derrotar um esquema de poder antigo. Todos nós sabemos da cassação do então governador, razão essa de desgosto para boa parte dos maranhenses e em particular para ele”, justificou Othelino Neto.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

AddToAny