sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Terminais de São Luís terão pontos de acesso grátis à internet wi-fi

Do G1
A partir da próxima segunda-feira (14), os usuários de dois terminais de integração e do Terminal Rodoviário de São Luís terão acesso à internet sem fio gratuitamente. O serviço é fruto do acordo firmado entre o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA) com as operadoras Claro, Vivo e TIM.

A iniciativa foi motivada pelas inúmeras interrupções e falta de qualidade nos serviços prestados ao consumidor maranhense.

As reclamações geraram R$ 14 milhões em multas este ano, sendo R$ 5 milhões direcionadas à Claro, R$ 4,5 milhões à TIM e R$ 4,5 milhões à Vivo.

“Buscamos com esse acordo o avanço e a ampliação dos serviços, além de promover acesso digital à população. Sabemos que ainda há um longo caminho a ser percorrido até que haja um completo progresso desse serviço”, disse Duarte Júnior, diretor do Procon-MA.

Qualquer dispositivo móvel compatível com Wi-fi (internet sem fio) dentro do raio de alcance receberá sinal gratuitamente. Usuários de smartphones, netbooks, notebook entre outros dispositivos poderão usar o sinal.

O lançamento dos pontos de internet gratuita nos terminais será aberto à população e ocorrerá na próxima às 9h no Terminal Rodoviário de São Luís, localizado na Avenida dos Franceses, no bairro Santo Antônio.

Como funciona?
O tempo de permanência para cada usuário é de 30 a 40 minutos diários, durante cinco anos. Para usar a internet gratuita o usuário deverá buscar o nome da rede disponível e fazer um cadastro que será solicitado no momento em que fizer o acesso.

No Terminal Rodoviário de São Luís, a rede disponível terá o nome “Tim wi-fi grátis PROCON”.

Já no Terminal de Integração do São Cristóvão, a rede será a “Vivo PROCON”.

Para o Terminal de Integração da Cohama, o acesso do wi-fi será “Claro PROCON”.

Velocidade na conexão
Ainda serão instaladas mais de 100 torres de transmissão de tecnologia 3G e 4G em todas as regiões do Maranhão. São Luís ganhará três torres de tecnologia 3G, além de cinco postes que ampliam a cobertura de dados (3G) em áreas com dificuldade de alcance ou de grande volume de tráfego de dados. O equipamento foi desenvolvido e patenteado pela TIM.

Foi empregada tecnologia 100% nacional e a estrutura que abriga o equipamento tem aparência praticamente igual à de um poste de iluminação, o que causa menor impacto urbanístico. A utilização desse tipo de estrutura evita a necessidade de gabinetes externos ou de uma estrutura auxiliar.

Não sabe como comentar? Clique aqui e aprenda, é muito fácil! Também siga o blog do Marcos Leite no Twitter e curta nossa página no Facebook.

AddToAny